Buscar
  • Equipe Shopper Telling™

As habilidades do profissional do futuro

Os modelos de contratação acompanham as constantes mudanças nas áreas de Comunicação, Tecnologia, Computação, etc. Sendo assim, vence a concorrência aquele que busca desenvolver as habilidades do futuro. Pense na sua carreira há 5 anos atrás, quanta coisa mudou? Não só nos sistemas digitais, mas também nas relações. Agora pense como será a sua carreira daqui há 5 anos e me diga: você está preparado para as novidades que surgirão?

O seu perfil profissional se resume a títulos acadêmicos? Ou engloba também competências pessoais e interpessoais? Você sabia que habilidades como a flexibilidade cognitiva e a inteligência emocional foram eleitas pela Organização Mundial das Nações Unidas (ONU) como essenciais para a formação de um profissional do futuro? O seu currículo do futuro deve apresentar muito além de suas conquistas acadêmicas, nós da ShopperTelling separamos as skills que serão mais requeridas pelo mercado de trabalho. Estas são as 11 habilidades do futuro:

  1. Comunicação: Não adianta ser um profissional cheio de capacitações técnicas se você não consegue se comunicar com eficácia e eloquência.

  2. Flexibilidade cognitiva: Os profissionais do futuro vão precisar cada vez mais saber se adaptarem as mudanças, mudar seu pensamento na mesma velocidade em que novos problemas e situações surgem no ambiente profissional.

  3. Inteligência emocional: Ser capaz de entender os outros e a si mesmo, controlar suas respostas emocionais para tomar decisões racionais.

  4. Criatividade: Profissionais que descobrem maneiras diferentes de desempenhar atividades. Ser criativo e inventivo, ser capaz de apresentar novidades e aperfeiçoar os processos.

  5. Capacidade de resolver problemas complexos: Criatividade, pensamento estratégico e segurança para agir em momentos complicados.

  6. Negociação

  7. Capacidade de ter bom julgamento e tomar boas decisões

  8. Liderança: Além de liderar, um bom líder tem que ser capaz de trabalhar em equipe, distribuir tarefas, ser coordenado ou coordenar, compartilhar, interagir e se autoliderar.

  9. Gerenciamento de pessoas: Diretamente conectada à inteligência emocional. O profissional que gerencia pessoas deve contribuir com o aumento da produtividade, motivar as equipes e responder aos anseios dos colaboradores.

  10. Pensamento crítico: Enxergar as situações de maneira crítica - deixando de lado as suas crenças e opiniões.

  11. Empreendedorismo!

SOFT SKILLS x HARD SKILLS

Você sabia que 9 entre cada 10 profissionais são contratados pelo perfil técnico (hard skills) e demitidos pelo comportamental (soft skills). E os principais motivos são: conduta inapropriada ou inesperada.

A boas notícia é que todas essas habilidades do futuro podem ser desenvolvidas por meio de treinamentos e cursos, como técnicas de comunicação e oratória, gerenciamento das emoções e comunicação interpessoal corporativa. Um profissional que apresente a combinação de soft e hard skills é uma peça fundamental para o crescimento de uma empresa.

E aí, você está pronto pro mercado?

Maitê Alverne Holanda

3 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo